Qual a diferença entre MDP e MDF?


          Hoje falaremos de um assunto que gera algumas dúvidas, mas não se preocupe, agora vamos te ajudar, e, garantimos, é super simples!
          A sigla é parecida, concorda?

          Esses materiais são excelentes opções na fabricação de móveis e podem fazer toda a diferença na hora da compra dos móveis. Antes de entrarmos no assunto, queremos lembrá-lo de vários aspectos que devem ser levados em consideração na hora de escolher o seu mobiliário. Empresas como a Unicasa, detentora da marca Casa Brasileira possuem muita credibilidade, certificado de garantia e uma fábrica com maquinário altamente tecnológicos que garantem ótima qualidade aos produtos.
          Agora vamos lá!
         MDP - Medium Density Particleboard (Partículas de Média Densidade): formada por três camadas de pedaços de madeira, sendo um núcleo mais grosso e duas camadas externas mais finas, se tornando um material mais robusto.

          Quais são as características do MDP? Se trata de um material mais resistente ao empenamento, por possuir 3 camadas de matéria-prima, possuindo maior estabilidade e resistência a estruturas mais pesadas, sendo ideal para móveis retilíneos sem curvas, ou ainda, não passam por processos de usinagem.

          Geralmente a maior parte dos projetos de cozinhas, banheiros, home, sala de estar e outros, possuem em sua maioria peças estruturais, como caixaria de módulos, prateleiras internas de módulos e decorativas, portas sem usinagem. Desta forma, sempre é mais indicado o uso de peças fabricadas em MDP.

          Vale lembrar, tanto o MDP quanto o MDF são materiais de ótima qualidade, o que os diferencia são suas aplicações.

          MDF - Medium Density Fiberboard (Fibras de Média Densidade): ao contrário do MDP, o MDF é composto pela junção de fibras de madeira com resina sintética. Devido ao seu processo de fabricação ele permite que a madeira seja mais trabalhada, permitindo acabamentos curvilíneos e trabalhos de pintura.

          Quais são as características do MDF? Devido a sua composição, não é recomendado a espaços úmidos, devido sua alta absorção.

          Pelo seu processo produtivo esse tipo de material permite que seja cortado em vários sentidos e permite utilização de usinagem, como também, é o mais indicado para peças pintadas.

          Da mesma forma que o MDP possui características que melhor pode ser aplicado, reforçamos que o MDF é mais bem utilizado em situações que vamos ter desenhos decorativos na peça e principalmente para aplicação de pintura líquida, ao qual a Casa Brasileira, possui tecnologia de última geração, para aplicação de pintura nas peças.

          Lembrando que ambos os acabamentos são oriundos da mesma matériaprima, de madeira de reflorestamento e de processos de fabricação semelhantes.

          E aí, já está sabendo tudo sobre MDP e MDF? Acompanhe-nos nas nossas redes sociais e fique sempre ligado nos nossos móveis! 😉

Voltar

Confira outras ideias

Conheça nossos ambientes

Solicite seu projeto

Transforme o seu lar com ambientes planejados para a sua comodidade. É rápido, simples e sem custo.

Solicitar